Bullet Journal para quem não tem tempo (ou jeito para embonecar cadernos)

Já vos tinha falado aqui de como o Bullet Journal é o método que encontrei para me organizar e que se adequa às minhas necessidades.

Quando comento com alguém que sigo este sistema para me organizar, é habito ouvir "ah mas eu não tenho tempo para isso..." ou "começo cheia de vontade, mas depois não consigo manter o hábito..." e principalmente "ah, mas eu não tenho jeito para o desenho..." e "acho-os muito bonitos, mas não tenho tempo a perder com desenhos e floreados..."

A nossa leitora Carmen sugeriu que falássemos um pouco sobre isto, sobre como manter um sistema que lhe permita organizar-se, para quem não tem tempo ou não é muito dada a floreados e cores.

Compreendo perfeitamente quem me diz que não tem tempo ou que não tem jeito. Ou que prefere fazer listas de tarefas...  porque de outra forma não consegue manter-se organizada.

Eu própria demorei algum tempo a encontrar um formato que se ajustasse completamente a mim. E esse formato para mim é um Bullet Journal. 


Porquê?
Porque é um sistema tão flexível quanto nós necessitamos que o seja. Porque podemos decidir o que incluir no Bullet Journal (BJ), podemos organizar da forma que melhor se adeqúe a nós.
Pode ser apenas e só páginas com coisas listadas, as que já fizemos e as que faltam fazer. Como pode ter páginas com desenhos e cheias de cor.


Eu quando criei o meu primeiro BJ a maioria das páginas consistiam em apenas e só listas de tarefas ou notas importantes e uma página destinada ao calendário.
Uma das vantagens deste sistema é que permite combinar listas de tarefas com eventos e compromissos e ter uma visão mais global do que temos para fazer, seja ele uma tarefa importante ou uma consulta a que não podemos faltar.



Mas não tem que ser forçosamente assim. Se isso não lhe for útil não vale a pena estar a fazer só porque se diz que o sistema do BJ funciona assim.
Afinal de contas, o criador do BJ diz que não há uma forma correcta de fazer um BJ, porque o importante não é o COMO se faz, mas sim o PORQUÊ: se o sistema for útil à pessoa, então não importa como ele é composto, se tem mais ou menos bonecos/desenhos, se tem esta ou aquela secção.
O que funciona para uma pessoa pode não ter qualquer utilidade para outra.

Antes de aderir ao BJ, o meu sistema de organização era bipartido: um caderno com dois separadores para listar tarefas (um separador de tarefas pessoais e outro para tarefas profissionais) e uma agenda onde apontava os compromissos.

Eu sempre fui uma pessoa de fazer listas, sempre foi assim que me organizei, quando percebi que a memória falhava... e a sensação de riscar coisas da lista é fantástica!

Sempre fiz e continuo a fazer listas para tudo: de tarefas, de aniversários, de projectos que quero fazer, de livros que quero ler, de filmes que quero ver, de locais que quero visitar.  Também tinha listas com planos semanais de refeições, numa folha à parte.

Mas antes de aderir ao BJ, isto andava tudo espalhado, cada um na sua folha, ou no seu caderno e às vezes queria encontrar a informação e não conseguia. O que foi outra vantagem do BJ, agora tenho a informação toda compilada no mesmo caderno. Quando o caderno acaba, transfiro apenas e só a informação que acho que vou necessitar.


Existem vários exemplos de pessoas que praticam o BJ de forma completamente "minimalista" porque é assim que melhor lhes serve o BJ.

Deixo-vos aqui alguns exemplos:

créditos: @decadethirty

créditos: @honeyrozes
Por isso, se não têm tempo para fazer um BJ no formato original, e apenas vos ajuda fazer listas de tarefas, porque não?!

Para isso, basta ter um caderno (do tamanho que preferirem) e uma caneta (ou até um lápis se gostarem mais) e seguir o método que melhor vos sirva.

Se acharem que até isso não funciona, também não há problema. Não somos todos iguais e não temos todos que gostar ou usar o mesmo método de organização. O importante é que o método que escolherem vos ajude mais do que complique, que vos simplifique a vida e não vos deixe com sentimentos de culpa por não terem tempo ou jeito para embonecar o vosso caderno.

Simples assim!



2 comentários:

  1. Obrigada por atendenderem aos nossos pedidos! Muito útil...
    Com a minha "organização"/ desorganização, vou seguir os conselhos, já comecei com a vossa resposta ao meu email.
    Eu gosto muito das coisas "embonecadas", mas tenho tendencia a perder-me. Para começar, e depois não abandonar, com as vossas dicas, inclui à minha lista no caderno, o calendário mensal onde na primeira página tenho os acontecimentos realmente importantes e que não posso esquecer (da família). Vou melhorando e depois partilho as fotos com vocês... Ainda estou só no pessoal, as questões de trabalho estão à parte.
    Beijinho e bom fim de semana,
    Carmen

    ResponderEliminar
  2. É também o método que uso. Adorei o post. :)
    Beijinhos.

    https://bloomblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar